por João Pedro Maia

 

Hideo Kojima, a mente por trás de Metal Gear, continua atiçando os fãs a respeito de seu vindouro título “Death Stranding”. Segundo declarações do diretor em um painel do Tribecca Film Festival em Nova York, o título trará algo inteiramente novo para o gênero de jogos em mundo aberto. Ainda que Kojima não tenha divulgado como ele pretende fazer isso, isso se alinha com diversas notícias e teorias de que o jogo está sendo trabalhando com conceitos revolucionários.

Ainda durante o painel, Kojima levantou as dificuldades de se contar uma história em mundo aberto, tentando encontrar um balanço entre a liberdade do jogador para ir e vir, além de fazer o que sentir vontade, enquanto ainda segue a narrativa do jogo.

De acordo com Kojima, os jogadores terão que ir em certas direções, certos lugares para continuar a narrativa, mas que ele deseja que os jogadores se sintam fazendo esta a escolha, ao invés de sentirem que estão sendo forçados e empurrados a isso.

Em outro ponto do painel, Norman Reedus, que protagoniza o jogo através da captura de movimentos e reconstrução digital, disse que os jogadores irão chorar durante o jogo, que aparentemente é bastante emocional.

O título, que está em desenvolvimento para o PS4 e possivelmente para o PS5, ainda não tem data de lançamento. Além de Reedus, o jogo contará com a participação de Mads Mikkelsen, Léa Seydoux, Lindsay Wagner, Troy Baker, Tommie Earl Jenkins e Emily O’Brien.

 

Fique ligado no Ultimato do Bacon para notícias sobre Games e Tech!

 


Acessem nossas redes sociais e nosso link de compras da amazon

Instagram 

Facebook

Amazon