Lucas Souza

 

Eles estão de volta! “Game of Thrones” retornou com força total nesse primeiro episódio de sua última temporada. Tivemos tempo de tela com todos os personagens efetivamente relevantes da série – alguns com maior e outros com menor destaque. 

O empolgante desse episódio de retorno – e é o que esperamos de toda a última temporada – é ver a história andando sem muitos rodeios. Tudo que foi mostrado (inclusive o passeio de dragões do mais novo casal da série) tem um motivo para aparecer e reforça problemas e novas conexões além de deixar um gostinho do que estar por vir. 

Na minha visão, o episódio foi dominado por três grandes assuntos: o desenvolvimento da aliança no norte (com Jon Snow, Sansa e Daeneris sendo os grandes protagonistas), o posicionamento da rainha Lannister (e já da para ver algumas consequências do que vem por aí) e o retrato da crueldade dos mortos-vivos que estão se dirigindo para Winterfell (mesmo aparecendo pouco tempo, merece atenção pela cena chocante próximo do final do episódio).

Durante boa parte da série, tive a sensação de termos diversos episódios “fillers” que não faziam a história andar. A sensação com esse episódio foi diferente: a história andou para muitos lados – o que é animador! O problema agora é que o tempo parece curto para tantas boas tramas que ainda tem que se fechar.

Sem perder tempo, o episódio de reestreia de Game Of Thrones atendeu a todas as expectativas, mostrando que agora cada um dos episódios vai ter um papel extremamente importante a cumprir! Aguardamos ansiosamente os próximos capítulos desse fenômeno mundial!

 

Avaliação: Excelente!

 

Júlio Ribeiro

Após quase 2 anos de hiato, finalmente Game of Thrones voltou para sua última temporada.

A série não possui muita margem para enrolação, viagens longas e jogos políticos, marcas registradas de Game of Thrones visto que serão somente 6 episódios. O público precisa entender essa mudança necessária assim como a série ja entendeu.

O episódio que marcou o retorno de Game of Thrones e a estréia da última temporada teve um sabor de nostalgia, pois teve tudo o que amamos em Game of Thrones. Efeitos visuais incríveis, alianças políticas, traições, revelações, encontro de personagens nunca vistos antes mas faltou ação e isso foi muito bom.

Esse primeiro episódio foi um episódio de consequências e finaliza praticamente todos os assuntos mal resolvidos da última temporada. Jon agora sabe sua origem, o relacionamento dele com Daenerys não é mais segredo, Cersei e Euron recebem (compram) o apoio da Companhia Dourada e consumam sua parceria, Theon se redime (novamente) e o final deixa uma pergunta no ar… Daenerys é capaz de fazer o mesmo que Jon e abrir mão da coroa?

Além de nos presentear mostrando que o final do primeiro episódio da última temporada foi idêntico ao final do primeiro episódio da primeira temporada, Bran e Jaime frente a frente. 

Parece que o mundo de Gelo e Fogo também é cíclico. Game of Thrones está de volta, aproveitem as próximas 5 semanas e acompanhem o final da maior e melhor série da história da TV.

 

Avaliação: Excelente!

 


 

Acessem nossas redes sociais e nosso link de compras da amazon

Instagram 

Facebook

Amazon