Drácula (Netflix)
Ano: 2020 Distribuição: BBC One/Netflix 
Estreia: 1-3 de janeiro

Direção: Jonny Campbell, Damon Thomas, Paul McGuigan

Roteiro: Mark Gatiss e Steven Moffat

Duração: 88-91 min/ep  

Elenco: Claes Bang, Dally Wells, John Heffernan, Morfydd Clark

Sinopse: A lenda do Conde Drácula se transforma com novas histórias que dissecam os crimes sangrentos do vampiro e revelam as suas maiores fraquezas.

 

 

Lucas Souza

 

Drácula é um dos personagens mais adaptados para a TV e o cinema. Dono de um carisma ímpar, o personagem já foi retratado de todas as formas possíveis: herói, anti-herói, vilão e por aí vai. A verdade é que nesse mar de adaptações temos poucas que são realmente memoráveis. Como exemplo positivo podemos citar “Drácula de Bram Stoker” (1992) – o filme conta com a direção de Francis Ford Coppola e tem no elenco nomes como Keanu Reeves, Anthony Hopkins, Winona Ryder e Gary Oldman. Essa adaptação segue quase que a risca o livro de Stoker e funciona muito bem.

Mas eventualmente os diretores querem inventar e aí é um “Deus nos acuda”. “Drácula 2000” (2000) e “Drácula : A História Nunca Contada” (2014) são bons exemplos de que o personagem tem muito filme ruim de verdade circulando por aí. Por isso mesmo fiquei bastante empolgado quando vi as primeiras imagens da adaptação da Netflix. Parecia simplesmente impecável…

Série Drácula (Netflix) - O Ultimato 1

Claes Bang entrega um conde Drácula convincente no seriado da Netflix

O seriado adapta a obra original de Bram Stoker e faz algumas modificações que são muito bem vindas nos dois primeiros episódios. O ritmo é bem interessante, a série é inteligente nesse começo e mostra um Drácula mais sombrio do que o original – tudo isso regado a muito sangue, gritos e pequenos sustos.

Claes Bang entrega uma atuação convincente e charmosa na pele de um Drácula sarcástico e debochado – tudo isso sem perder a pose. A caracterização é muito boa e me arrisco a dizer que Claes Bang ficou com um visual mais próximo do imaginário popular do que o próprio Gary Oldman no filme de 1992. Dolly Wells também entrega uma personagem feminina forte que encaixou muito bem com a série!

Série Drácula (Netflix) - O Ultimato 2

Dolly Wells e Claes Bang entregam ótimas cenas em “Drácula” da Netflix

 

Lembra que eu falei sobre inventar? Pois é.. A série que entrega os dois primeiros episódios absurdamente acima da média decide que vale inventar no terceiro e é aí que tudo desanda de forma inacreditável. Nos próximos parágrafos falarei sobre o terceiro episódio COM SPOILERS! 

Série Drácula (Netflix) - O Ultimato 3

O primeiro e o segundo episódio focam na ida do Drácula (Claes Bang) para Londres e entrega um confronto genial com a personagem de Dolly Wells. O segundo episódio (praticamente) inteiro se passa no trajeto de barco para Londres e o suspense e a ação estão perfeitamente balanceados. Só que decidiram que o personagem iria adormecer no fundo do mar durante 123 anos e só chegaria em Londres nos tempos atuais. 

Série Drácula (Netflix) - O Ultimato 4

Caracterização de Drácula é impecável no seriado da Netflix

O seriado vinha mantendo um tom de suspense com horror e no terceiro episódio ele se torna uma comédia de humor negro com pequenos momentos pesados. O arco inteiro não faz o menor sentido e a cena do advogado soltando o Drácula da Fundação Jonathan Harker é uma das cenas mais ridículas que eu já vi. A comédia pastelão que o seriado se torna segue com o personagem se apaixonando por uma adolescente desmiolada (personagem no melhor estilo “American Pie”) e tendo um embate “filosófico” com a descendente da Van Helsing original. Nada é explicado – é tudo jogado na tela, corrido e ver o personagem descobrindo a tecnologia da forma como eles colocam é…. inacreditável (e não no sentido bom da palavra)! 

 

Fim dos Spoilers

“Drácula” da Netflix começa extremamente promissor e entrega dois episódios fantásticos com Dolly Wells e Claes Bang dominando a tela. O ritmo, a caracterização e até as adaptações feitas na história original são brilhantes. Infelizmente os erros do episódio três são absurdos e fazem com que a experiência de assistir o seriado vá “por água abaixo”. Honestamente, me pergunto se eles realmente ficaram satisfeitos com o que é entregue no último episódio – que muda inclusive o tom da série.

 

Infelizmente, não foi dessa vez que tivemos uma nova obra que adapte bem o vampiro mais famoso da ficção. Se quiser ver um filme sobre Drácula, deixe o seriado da Netflix de lado e fique com a melhor opção que ainda é o filme do Coppola de 1992…

 

Fique ligado no Ultimado do Bacon para mais reviews sobre séries!

 

 

Série Drácula (Netflix) - O Ultimato 5Avaliação: Regular

 

 

 

Trailer da Série Drácula da Netflix

 


Acessem nossas redes sociais e nosso link de compras da amazon

Instagram

Facebook

Amazon