Digimon Adventure tri.

Ano: 2018

Estúdio: Toei Animation

Estreia: 05 de Maio (Futuro)  

Direção: Keitaro Motonaga

Roteiro: Yuko Kakihara

Duração: Variada

Elenco: Natsuki Hanae, Yoshimasa Hosoya, Suzuko Mimori, Mutsumi Tamura, Hitomi Yoshida, Junya Ikeda, Junya Enoki​

Sinopse: “Seis anos depois da primeira aventura com os digimons, os oito digiescolhidos originais voltam a se reunir para salvar o Mundo Digital das forças do mal.​"

João Pedro

Desde o lançamento da primeira série do anime, várias temporadas de Digimon já surgiram, cada uma com sua própria trama e mitologia, com diferentes digiescolhidos e Digimon. Porém, para os fãs do anime, a mais icônica delas é a primeira temporada, batizada de “Digimon Adventure”, que foi seguida por uma segunda temporada chamada de “Adventure 02”. Para comemorar os 15 anos de seu lançamento, foram anunciados seis filmes, que serviriam de sequência para essas temporadas, batizados de “Adventure tri.” com o primeiro filme “Reunião” sendo lançado no Japão em Novembro de 2015 e o último, “Futuro” agora em Maio de 2018. Fora do Japão os especiais foram lançados na forma de episódios, totalizando 26.

Ainda que sirva como uma sequência das duas temporadas originais, os protagonistas novatos de Adventure 02 são rapidamente colocados de lado (num plot que felizmente não ficou em aberto) em favor dos oito digiescolhidos originais e seus parceiros Digimon: Tai e Agumon; Matt e Gabumon; Sora e Piyomon; Izzy e Tentomon; Joe e Gomamon; Mimi e Palmon; TK e Patamon; e Kari e Tailmon.

A trama começa anos depois do final de Adventure 02, e mostra como os digiescolhidos seguiram suas vidas sem os Digimon até que o surgimento de distorções começa a fundir o mundo real com o mundo digital. É aí que os Digimon retornam para encontrar seus parceiros. Uma parte do plot aborda justamente esse reencontro, que enquanto é visto como positivo por alguns digiescolhidos, é visto como problemático por outros, que tentam se dissociar de sua vida no mundo digital e seguir em frente no mundo real, abordando temas como as responsabilidades que se adquire ao crescer.

O anime dos Digimon sempre foi conhecido por ser um pouco mais sério, abordando temas como a perda e a morte, e aqui isso não é diferente, principalmente quando consideramos a natureza da ameaça apresentada. Enquanto nas demais séries tivemos vilões um pouco mais definidos, como os mestres do mal e o Imperador, aqui a ameaça afeta os digiescolhidos de uma maneira diferente. Ainda que o principal vilão não receba uma interpretação física em nenhum momento, sua escolha de ação coloca os heróis em diversas situações perigosas, forçando-os a confrontar até mesmo seus aliados, garantindo momentos emocionantes.

A opção pelo lançamento de filmes e com um bom espaçamento entre eles (vide o lançamento do primeiro e o do último) ajudou a garantir a qualidade do traço. Enquanto outros “revives” e homenagens como Alma de Ouro e Dragon Ball Super deixaram muitos fãs perplexos com uma queda perceptível da animação em diversos pontos, Digimon Adventure tri. tem um traço que se mantem fiel aos originais e não perde a qualidade. As cenas de ação e as digievoluções estão muito bem-feitas.

No geral, Adventure tri. cumpre com maestria a função de homenagear a série original e é uma ótima forma de celebrar os 15 anos da série, sendo capaz de emocionar os antigos fãs que já não são mais crianças, mas ao mesmo tempo podendo empolgar novos públicos.

 

Digimon Adventure tri. - O Ultimato 1 

Avaliação: Excelente!

 

Notícias Relacionadas: