A nova série da Netflix, Areia Movediça (Quicksand) é mais um acerto da plataforma de streaming. A série sueca é baseada no livro homônimo de Malin Persson Giolit e chegou a plataforma em abril deste ano. A série conta com boas atuações dos principais atores, destacando-se Hanna Ardéhn, Felix Sandman e David Dencik.

Entenda a premissa de Areia Movediça

“Areia Movediça” é composta de apenas 6 episódios que duram em média 40 minutos. A história policial gira em torno da garota Maja Norberg (Hanna Ardéhn) que é a única sobrevivente de um massacre que aconteceu em uma sala de aula na escola de Djursholm. Maja é levada como suspeita de ter participado do crime com o então namorado Sebastian Fagerman (Felix Sandman) – que também é morto no massacre. A partir do momento da chegada da polícia no local do massacre, começa uma série de investigações e interrogatórios para definir o que de fato levou ao massacre e qual o papel de Maja no mesmo.

A história é mais adulta e se desenvolve de forma mais crível do que “Elite” (outro sucesso da Netflix com uma temática similar). Em “Areia Movediça” vemos de perto o relacionamento tóxico de Maja Norberg (Hanna Ardéhn) com Sebastian Fagerman (Felix Sandman) – um garoto rico mas ignorado pelo pai. A construção de toda a história, que começa como um conto de fadas e termina como um verdadeiro pesadelo, parece uma espécie de “A Bela e a Fera” visto de trás para frente. O mistério é extremamente bem montado e não apela para soluções mirabolantes e irreais como outras séries policiais que temos no mercado.

O trauma de Maja Norberg é mostrado no presente enquanto os bons momentos do passado (e toda a estrada até chegar na tragédia) são mostrados em flashbacks que se intensificam conforme a data do julgamento se aproxima. A corte, e nós espectadores, devemos decidir se Maja planejou ou não o massacre com o seu namorado – e a montagem do seriado faz um ótimo trabalho nos dando pistas que apontam para a culpa e para a inocência.

Areia Movediça (Netflix) - Dicas de Streaming 1

“Areia Movediça” mostra o conto de fadas de Maja com Sebastian virando um pesadelo

Um dos grandes problemas de seriados são os episódios que servem apenas para ganhar tempo e não tem relevância para a trama. “Areia Movediça” fez uma ótima opção ao trabalhar com seis episódios – isso deixou o seriado com um ritmo interessante e as inteligentes montagem e edição fizeram com que toda a história coubesse de forma confortável no tempo que foi proposto.

“Areia Movediça” conseguiu fazer o que seu antecessor, também da Netflix, “Elite” não conseguiu: ser uma história policial adolescente que criasse uma trama verossímil e pouco fantasiosa – e esse é o verdadeiro mérito da série. A estrutura do seriado, embora extremamente comum (com mistério no começo e flashbacks que nos confundem e ajudam a entender os fatos), é muito bem executada e pouquíssimo exagerada.

Uma excelente pedida para os fãs de suspense policial.

 

Fique ligado no Ultimato do Bacon para mais Dicas de Streaming!

Areia Movediça está disponível na Netflix!

Areia Movediça (Netflix) - Dicas de Streaming 2

Confira nossas outras Dicas de Streaming!

Sugestão de Leitura:

Areia Movediça (Netflix) - Dicas de Streaming 3


Créditos:

Texto: Lucas Souza

Imagens: Reprodução

Edição: Alexandre Baptista

Texto publicado originalmente em 03 de maio de 2019. Atualizado em 09 de abril de 2020.

Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB!