Por João Maia

“Não se esqueça 3/oct/11”

É isso que está escrito no relógio de alquimista de Edward Elric quando ele e seu irmão Alphonse colocam fogo em sua casa de infância, jurando que não retornarão enquanto não recuperarem seus corpos.

Espera, relógio de alquimista? Fogo na casa? Recuperar os corpos?

Sim, essa é a premissa “base” de FullMetal Alchemist. A história acompanha Edward e Alphonse Elric que em sua “inocência” infantil resolveram aprender alquimia para trazer sua mãe de volta a vida. Sem que ninguém saiba, eles executam uma transmutação humana, que é um tabu para os alquimistas. A partir daí a vida dos garotos muda para sempre.

A alquimia envolve um “preço”, onde nada pode ser criado, apenas transformado. O erro dos garotos ao mexer com o tabu da transmutação humana custa ao Ed uma perna e ao Al seu corpo. Ed então sacrifica seu braço para que possa selar a alma de seu irmão em uma armadura. Seu braço e perna perdido são então substituídos por automails, membros mecânicos. Sua melhor amiga Winry e a avó dela Pinako providenciam o automail e os reparos quanto necessário, servindo também como família adotiva dos garotos.

Crianças inocentes mexendo em coisas perigosas

Amestris, pais onde se passa a história é uma nação militar sob o comando do Fuher King Bradley. Em seus ranks, os alquimistas recebem autorizações especiais para conduzirem pesquisas. Buscando percorrer o pais e encontrar respostas que possam em fim restaurar o corpo de seu irmão, Edward se torna um alquimista federal, um “cão do exército” e parte em uma jornada para encontrar a Pedra Filosofal. Cada alquimista recebe uma designação que o representa, uma alcunha, e King Bradley acha um tanto quanto interessante nomear Edward como o Alquimista de Aço devido a suas próteses.

Edward impressiona o Fuher com suas habilidades e "insolência"

Ao longo do caminho, Ed encontra aliados como o Coronel das Chamas, Roy Mustang e o Major Armstrong, o Alquimista dos Braços poderosos. Porém, seus inimigos são tão formidáveis quanto seus aliados. Aqui cabe notar que além do mangá original, existem duas versões do anime (ambas disponíveis na Netflix), sendo que a subtitulada Brotherhood é a versão “fiel” do mangá, uma vez que a versão original se distanciou do mangá que ainda estava em produção na época. De toda forma, as duas versões contam com o antagonismo em menor escala de Scar e como os grandes vilões os homúnculos.

Roy Mustang, Riza Hawkeye e Alex Louis Armstrong: BADASS

Sete criaturas artificiais criadas por um vilão principal (que muda de acordo com a versão) cada um dos homúnculos é baseado em um dos pecados: Ganancia, Luxuria, Gula, Inveja, Ira, Orgulho e Preguiça. No mangá e em Brotherhood eles são formados a partir do próprio vilão principal, já na primeira versão do anime eles são resultados falhos de transmutações que foram recrutados pelo vilão. Suas identidades em cada um dos animes rendem surpresas e plot twists inesperados.

Luxúria e Gula, apesar de uma mudança de background são vilões constantes nas duas versões juntos com o Ganância e o Inveja.

A história do mangá, e consequentemente a do Brotherhood é bem complexa em alguns pontos, mas de nenhuma maneira a história contada na primeira versão é desinteressante, abordando temas diferentes, mas ainda interessantes o bastante para manter a trama atrativa. A trama conta com momentos que vão desde um humor bobo, como quando Edward reage mal a comentários sobre sua altura, até momentos de drama que vão fazer você parar um pouco com o anime. Tudo isso acompanhado de uma trilha sonora incrível nas duas versões. A animação das duas versões ficou por conta do estúdio Bones, responsável por animar também My Hero Academia, ou seja, a qualidade é quase impecável.

Quem se interessar pela história, a JBC recentemente relançou o mangá em 27 edições. Já o anime se encontra disponível na Netflix, tanto o original, quanto o Brotherhood. Ah, também tem um filme em live-action, mas esse não precisa ver não.

Clique nas capas abaixo para comprar as edições na Amazon:

Fiquem ligados no Ultimato do Bacon!

 


Acessem nossas redes sociais e nosso link de compras da amazon

Instagram 

Facebook

Amazon