A HQ Dead Letters de Christopher Sebela é a mistura de uma trama noir policial com elementos sobrenaturais muito presentes. Me arrisco a dizer que nunca vi uma trama que puxasse tanto a história para dois lados tão diferentes. O acontece depois da morte, ou o que aconteceu com o pós morte, é a pergunta principal da trama.

Dead Letters de Christopher Sebela foi originalmente publicado pela Boom Studios e chegou às bancas em 2014. A série contou com 12 edições. No Brasil a série foi lançada na íntegra pela Devir em três encadernados capa cartão: “Dead Letters: Operação Existencial”, “Dead Letters: Santos de Lugar Nenhum” e “Dead Letters: O Coral do Diabo”.

Dead Letters de Christopher SebelaSam é o personagem principal da HQ policial/sobrenatural Dead Letters de Christopher Sebela

.

A trama da HQ Dead Letters de Christopher Sebela

.

O mistério envolvendo o personagem principal é um dos grandes fios condutores da história – mas não é o único. Logo nas primeiras páginas da HQ Dead Letters somos apresentados ao desmemoriado Sam.

O personagem acorda em um motel fedido com um revólver e sem ter a menor ideia do que está fazendo ali. Logo o personagem se envolve em uma frenética perseguição e descobre que o lugar no qual esta não é exatamente normal.

A jovem Maia é a responsável por contar a Sam que ele está no purgatório – e sim, ele está morto. O purgatório, antes um local organizado, agora sofre com as mesmas mazelas da Terra: violência, gangues, pobreza e por aí vai.

A única diferença é que no purgatório você não pode morrer – um tiro no rosto nada mais é do que um ferimento. Se tudo isso já parece demais, as coisas começam a tomar ares ainda mais loucos quando Maia revela que trabalha para Deus – e que o todo poderoso precisa da ajuda de Sam.

.

Dead Letters de Christopher SebelaOs painéis confusos acabam sendo um ponto fraco da HQ Dead Letters de Christopher Sebela

.

A missão de Sam, que passa a trabalhar para Maia (que representa Deus), é muito simples: acabar com a guerra de gangues entre Jones e Ma. A rivalidade entre as duas gangues está fazendo do purgatório um lugar ainda pior.

E para acabar com as gangues, o ainda desmemoriado Sam vai precisar se infiltrar nas duas organizações. Como toda boa história policial, nem tudo é o que parece e os detalhes acabam sendo determinantes para o rumo da narrativa.

O passado de Sam, a intenção das gangues e o porque do purgatório ter virado um “inferno” são algumas das questões que vão sendo respondidas com o passar das edições. A HQ Dead Letters de Christopher Sebela tem dois graves problemas: o primeiro são os painéis confusos que teimam em aparecer no decorrer da história.

A falta de organização, aliado a uma escolha de cores não tão interessante, torna a leitura sacrificante em determinados pontos. E infelizmente isso se repete bastante.

.

Dead Letters de Christopher SebelaSam explora cada canto do purgatório na HQ Dead Letters de Christopher Sebela

.

O segundo ponto negativo da HQ é que ela realmente demora muito a engrenar. O primeiro encadernado é composto por quatro edições e apenas a edição de número um empolga de verdade. A narrativa parece cair em um lugar morno e “chato” e só começa a esquentar de novo na metade da sexta edição – mas depois dali a trama nos prende até o final. Se você conseguir passar pelo primeiro encadernado, a trama de Sebela se mostra bem desenvolvida e cativa o leitor.

.

Quer debater sobre quadrinhos, livros, filmes e muito mais? Venha conhecer nosso grupo no Whatsapp clicando aqui!!!

.

Em termos de pontos positivos, vale destacar o clima de mistério (que vai se revelando aos poucos), a construção de ótimos personagens e o universo inusitado criado pelo autor. A HQ Dead Letters é realmente muito diferente do que estamos acostumados a ver e essas diferenças tornam a trama surpreendente de verdade. Destaco ainda que toda a história de “já estar morto” acaba gerando situações de violência que impressionam!

.

Dead Letters de Christopher SebelaSam Whistler interage com seu irmão na HQ Dead Letters de Christopher Sebela

.

A HQ Dead Letters de Christopher Sebela é uma série que começa confusa, morna e pouco interessante – demora bastante para engrenar. Os que estiverem dispostos a encarar um começo moroso e, sejamos francos, chato vai ser premiado com uma trama frenética, inusitada e divertida. Além do começo, destacamos que a arte parece não estar em sintonia com o roteiro e isso acaba deixando cenas bem poderosos menos impactantes. 

O grande diferencial é o universo rico que Sebela cria no purgatório (que mais parece o próprio inferno) e as respostas que ele dá para os mistérios que planta no decorrer da série. Não é nem a melhor trama policial do mundo e nem a melhor HQ sobrenatural. Uma leitura que eu só recomendo para quem está disposto a encarar um começo moroso para apreciar uma boa ideia – que podia ter rendido muito mais!

Se você quer conhecer HQ´s diferenciadas, conheça nossas sessões sobre HQ´s de Terror e HQ´s Brasileiras! E não deixe de ler nossa matéria sobre HQ´s imperdíveis que você precisa conhecer!

 .

Compre Dead Letters de Christopher Sebela clicando nas capas abaixo!

.

Dead Letters de Christopher Sebela

.

 Dead Letters de Christopher Sebela

.

 Dead Letters de Christopher Sebela

 


Créditos:
Texto: Lucas Souza
Imagens: Reprodução
Edição: Diego Brisse

Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB!


 

Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Notícias Relacionadas: