Ultimato do Bacon

DComposição de Tom Taylor Vale a Pena?

Em 7 de Fev de 2023 3 minutos de leitura
DComposição de Tom Taylor Vale a Pena (3)

A ameaça zumbi invade o Universo DC nessa série que começou em 2019 e já conta com 4 continuações e spin-offs (algumas tramas paralelas e outras continuações diretas). DComposição de Tom Taylor é uma HQ que retrata o caos criado pela equação antivida de Darkseid – que sai do controle por ter “se misturado” ao corpo do herói Ciborgue. Com isso ninguém está a salvo – nem o próprio Darkseid!

Sem amarras cronológicas e com liberdade para fazer “o que quiser”, o autor não poupa ninguém: Superman, Batman, Mulher-Maravilha.. Todos são potenciais vítimas dos zumbis. Mas seria essa uma história com substância ou só mais uma série se aproveitando do hype em torno dos mortos-vivos?

A pergunta que nos fazemos é: Vale a pena ler DComposição de Tom Taylor?

DComposição de Tom Taylor Vale a Pena (2)

Darkseid tenta invadir a Terra no começo da série DComposição de Tom Taylor

A série iniciada por Tom Taylor em 2019 já conta com 4 continuações: Duro de Matar (que mostra os vilões e outros heróis lidando com a ameaça), Planeta Morto (que é uma continuação direta da série original), Esperança no Fim do Mundo (mostra tramas menores que aconteceram no meio da narrativa original) e War Of The Undead Gods (começou em 2022 nos EUA e ainda não saiu no Brasil, que mostra o retorno de Darkseid e é uma continuação direta de Planeta Morto).

Em 2020 fizemos uma análise da série DComposição Original e comentamos que um dos problemas da série é a abrupta mudança de tom: em alguns momentos ela parece tentar ser mais profunda e emotiva e em outros ela parece se render a tentação da violência gratuita.

Não vou dizer que esse problema é resolvido nas continuações, mas ele acaba ficando bem atenuado e em segundo plano por conta do ótimo desenvolvimento que Taylor dá a outros personagens: Jon Kent, Damian Wayne, Constantine, Capuz Vermelho, Canário Negro. Todos crescem bastante e a sensação é de que o autor passa também a se sentir mais à vontade nesse universo que criou.

DComposição de Tom Taylor Vale a Pena (5)

Jon Kent assume o papel de Superman na série DComposição de Tom Taylor

Isso não quer dizer que a série apresenta qualquer “inovação” no gênero de zumbis. Muito pelo contrário: ela é bem protocolar (o que não é necessariamente ruim) e seu mérito no quesito de narrativa zumbi talvez seja trazer uma explicação diferente – e que tem tudo a ver com o Universo DC – para a contaminação.

Apesar da história principal (que acontece nos encadernados da Panini DComposição e DComposição: Planeta Morto) ser interessante, confesso que os spin-offs me cativaram mais.

Em especial a história do Adão Negro – que tenta defender o Kendaq de forma implacável e solitária – e a trama do Capuz Vermelho (e sua improvável aliança com vilões e com o próprio Comissário Gordon).

DComposição de Tom Taylor Vale a Pena (4)

Asa Noturna se torna uma ameaça na HQ DComposição de Tom Taylor

O grande mérito de Taylor na série não é criar uma história de zumbis “incrível” ou inovadora e sim ter a coragem de matar (de forma bem violenta) nossos heróis favoritos dando espaço para que tradicionais coadjuvantes brilhem e mostrem seu valor.

Obviamente o roteiro ainda tem soluções simples e pouco convincentes em alguns momentos (jardim da Hera é uma delas) mas confesso que isso me incomodou pouco.

Outro ponto alto das histórias é a arte. Nomes como Trevor Hairsine, Karl Mostert e Dustin Nguyen ajudam a dar o tom sombrio da narrativa e fazem com que o leitor compreenda logo de saída que ninguém está a salvo. Obviamente vê-los desenhando nossos heróis em versão zumbi é uma curiosidade adicional da leitura.

DComposição de Tom Taylor Vale a Pena (1)

Uma infecção acaba com o planeta Terra na HQ DComposição de Tom Taylor

Mas e aí: Vale a pena ler DComposição de Tom Taylor?

Acredito muito que uma boa leitura é composta de expectativa, entendimento do que será apresentado e gosto pessoal. Se você estiver esperando uma história divertida que mistura zumbis com os heróis da DC sem se preocupar com amarras cronológicas, é possível que a leitura te agrade (apesar de ter pontos irregulares como falamos acima). O autor é bem criativo em diversos momentos e mostra como “super seres zumbis” são uma ameaça bem assustadora.

Se você estiver esperando uma leitura “fora da caixinha” que reinvente o gênero, é possível que a obra de Taylor não te agrade. A proposta não é essa e a diversão aqui está muito mais em ver cenas violentas e os heróis enfrentando uma situação calamitosa – tudo de maneira bem “normal” e “protocolar” dentro desse tipo de narrativa.

DComposição de Tom Taylor é mais uma história que surfa o hype dos mortos-vivos e se aproveita da ausência de amarras cronológicas para surtar e trazer situações inéditas para os nossos heróis (e é aqui que está a grande diversão). Tudo isso com muito sangue e cenas macabras! 

Se você é fã da DC Comics e de zumbis, vale a pena conferir!

Quer conhecer outro universo da DC onde tudo deu errado? Confira nossa matéria sobre Injustice

Compre DComposição de Tom Taylor clicando nas capas abaixo! .

DComposição de Tom Taylor 1

DComposição de Tom Taylor 2

DComposição de Tom Taylor 3

DComposição de Tom Taylor 4


Créditos:
Texto: Lucas Souza
Imagens: Reprodução
Edição: Diego Brisse 
Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB!


Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Quero participar

Notícias relacionadas

Como conservar HQs e Revistas – Costelinha 009

21 de Out de 2019

Nós usamos cookies para garantir que sua experiência em nosso site seja a melhor possível. Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa política de privacidade.

OKPolítica de privacidade