Por Diego Brisse

A DC Comics anunciou oficialmente o fim do selo Vertigo e também dos selos DC Zoom e DC Ink, colocando todas as suas publicações agora sobre três selos: DC, DC Kids e DC Black label. O site Bleeding Cool já havia noticiado o rumor (veja aqui) sobre o fechamento do selo. Confira o comunicado oficial:

 

A DC anunciou hoje que, a partir de 2020, todo o seu conteúdo editorial será organizado e comercializado sob a marca DC, criando três selos específicos para cada idade – DC Kids, DC e DC Black Label – que absorveriam todas as suas publicações existentes e vai focar em personagens e histórias que evoluem e amadurecem junto com os leitores da DC. Como resultado dessa nova estratégia, a DC vai encerrar as publicações do selo Vertigo no final do ano.

Essa nova segmentação, junto com o sistema de classificação etária, será lançada em janeiro de 2020. Os livros atualmente publicados sob as impressões DC Zoom e DC Ink, lançadas recentemente e focadas no público jovem adulto, serão atribuídas a os selos DC Kids e DC, dependendo do conteúdo e do público-alvo.

 

Os três rótulos serão estruturados da seguinte forma:

  • A DC Kids focará nos leitores de 8 a 12 anos e oferecerá conteúdo criado especificamente para o leitor de nível médio

 

  • DC, focará na faixa etária de 13 anos, será principalmente o atual universo de personagens DC

 

  • O DC Black Label focará em conteúdo apropriado para leitores a partir dos 17

 

“Estamos voltando para uma apresentação singular da marca DC que esteve presente durante a maior parte da nossa história até 1993, quando lançamos a Vertigo para fornecer uma saída para material mais ousado. Esse tipo de material é agora mainstream em todos os gêneros, então pensamos que era o momento certo para trazer mais clareza à marca DC e reforçar nosso compromisso com a narrativa de todos os nossos fãs em todas as faixas etárias. Este novo sistema substituirá as classificações etárias que usamos atualmente em nosso material.” Declarou Dan DiDio.

 

“O que fizemos foi aplicar uma filosofia de organização por idades que vai fortalecer o que já estamos fazendo bem. Também continuaremos a publicar projetos de propriedade dos criadores, e avaliaremos e atribuiremos o rótulo apropriado para ajudar nossos fãs a encontrar os melhores livros para seus interesses. Esses novos selos não apenas trazem maior consistência e foco para nossos personagens, mas também abrem uma infinidade de novas oportunidades para os talentos que trabalham em nossas publicações”, complemetou Jim Lee.

 

Constantine é um dos personagens icônicos ligados ao selo Vertigo

Criado em 1993 por Karen Berger, a Vertigo acabou perdendo seus principais astros, como Warren Ellis, Garth Ennis e Grant Morrison, quando Alan Horn pediu que mais séries da Vertigo fossem feitas e descobriu que boa parte dos grandes títulos tinham os direitos autorais pertencentes a seus criadores e não ao selo – a mudança no formato de contrato acabou afastando os criadores.

Fique ligado no Ultimato do Bacon para mais notícias sobre HQ´s!

 


Acessem nossas redes sociais e nosso link de compras da amazon

Instagram 

Facebook

Amazon