Ultimato do Bacon

Cosplayer do Coringa é supostamente espancado por seguranças da BGS

Em 16 de Out de 2019 2 minutos de leitura

Michael Giordano divulgou vídeo nas redes sociais alegando ter sido espancado sem motivos por seguranças da Brasil Game Show; produção do evento apura o ocorrido

por Alexandre Baptista

 

Desde às 02:17 da manhã do dia 14 de outubro, uma situação revoltante – caso seja confirmada – vem sendo mostrada nos grupos e páginas nerds e geeks das redes sociais.

Segundo relato próprio, o cosplayer Michael Giordano, que interpretava o personagem do Coringa (na versão de Heath Ledger), foi espancado por seguranças da Brasil Game Show – BGS 2019, realizada entre os dias 9 e 13 de outubro no Expo Center Norte em São Paulo.

Fotos da página do cosplayer Michael Giordano no Facebook (Reprodução).

 

Agora a pouco, o cosplayer atualizou seu status no Facebook, postando resultados de uma tomografia e os prints de sua comunicação com a organização do evento:

 

https://www.facebook.com/michael.nigthmare/posts/1205381336325920?__tn__=-R

 

Giordano alega que precisou sair do evento, no dia 13 de Outubro, tendo consultado um segurança acerca da possibilidade de retorno ao mesmo. No entanto, quando voltou, teve sua entrada barrada. Ao dialogar com a produção e organização do evento, segundo ele, os seguranças o imobilizaram e o levaram para uma área isolada onde foi agredido “durante 40 minutos ou mais, por pelo menos 12 pessoas; eu fui espancado violentamente; eu fui torturado, me queimaram com um cigarro”. O cosplayer segue em seu relato, indicando que sofreu ameaça de estupro e diversas formas de violência e abuso físico.

Confira:

https://www.facebook.com/michael.nigthmare/videos/1204465363084184/?__xts__%5B0%5D=68.ARCqvDFyUrDJ2wR8MpVfaBE9NA7pk-WVJRNJDYFc2a1QYUNBA2CNB5n6z0yBqlc0rFdqe2k2bJNQtyJKWyMdu1qBF0qLkbBiyKghEsYZCRHLfpfgdKiUzc78zJJ0cq45rpccRAKWDTXMsi51fKdUrT538lDu1dL7_BskZEg9ANoEUt3w24KXT_wZQ59S85rcsM0W_mp7ikCKBZ-f3DeTp5BiDOdY1ALlZ7ipxdqH0OPQ7BwQVRojbyWvSt8h4l0xtTXO6_PMnY5orvirSs5EgH8ToHmUfdFOf-ouMJAvqr_olQ&__tn__=-R

 

Giordano, que teve diversas escoriações, hematomas e uma costela fraturada, ainda afirma que o incomodo dos seguranças foi causado pelo personagem que escolheu representar, o Coringa.

A BGS, segundo contato com Victor Ribeiro, responsável pela assessoria de imprensa do evento, segue apurando o ocorrido. Até o presente momento não temos nenhuma declaração oficial ou outras versões dos fatos apresentados.

Fique ligado no Ultimato do Bacon para atualizações e mais informações sobre a situação.

 

 


Acessem nossas redes sociais e nosso link de compras da amazon

Instagram 

Facebook

Amazon


 

 

Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Quero participar

Notícias relacionadas

Nós usamos cookies para garantir que sua experiência em nosso site seja a melhor possível. Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa política de privacidade.

OKPolítica de privacidade