É muito bom quando pegamos HQs que parecem caminhar em uma direção e conseguem, com maestria, mudar seu direcionamento. Paper Girls de Brian K. Vaughan é um desses casos. O famoso autor se junta a Cliff Chiang para entregar uma série memorável!

A HQ Paper Girls de Brian K. Vaughan começou a ser publicada nos EUA em 2015 e foi concluída, com 30 edições, em 2019. A obra vem sendo lançada no Brasil pela Devir desde 2017.

.

Conheça Paper Girls de Brian K. Vaughan

Meninas entregadoras de jornal são as protagonistas de Paper Girls de Brian K. Vaughan

.

A trama de Paper Girls de Brian K. Vaughan

.
Quem conhece os trabalhos de Brian K. Vaughan, sabe que o autor tem uma tremenda capacidade de surpreender o leitor – vide a série Saga. Paper Girls não é diferente e aqui o autor começa com uma trama que parece ser mais uma versão de Stranger Things e se mostra muito mais do que isso com o desenvolver da história.

A HQ começa em 1988 e se foca em quatro adolescentes que entregam jornais: Mac, Tiffany, Erin e KJ. O começo da história lembra muito o seriado da Netflix por conta do ano que escolheu e das personagens adolescentes, Acompanhamos as entregadoras se conhecendo e se ajudando em problemas que surgem durante a entrega de jornal – que está acontecendo no Hallowen. Logo o elemento “estranho” aparece e vemos as meninas se envolvendo com pessoas vestidas de ninja que roubam seus Walkie-Talkies. A trama começa de verdade com as meninas tentando recuperar os objetos dois tais ninjas. E é aqui que  Brian K. Vaughan mostra que sua ideia é muito, mas muito, mais “hardcore” do que parecia antes.

.

Conheça Paper Girls de Brian K. Vaughan

Mac ameaça os homens que roubaram um Walkie-Talkie em Paper Girls de Brian K. Vaughan

.
Nessa perseguição as meninas descobrem uma espécie de cápsula que se assemelha a uma nave espacial mas é, na verdade, uma cápsula do tempo. As jovens entregadoras de jornal logo se veem no meio de incrível “guerra temporal” e  autor despeja ideias interessantes que, quando combinadas, dão um verdadeiro nó na nossa cabeça: versões futuras, clones, robôs gigantes, doenças causadas pela viagem no tempo e visitas a diversas áreas do passado e futuro

Paper Girls de Brian K. Vaughan não é uma HQ difícil de ser lida mas é aquele tipo de história que não te dá tudo explicados nos mínimos detalhes e te faz pensar. Vale registrar, para os leitores mais preocupados, que o autor amarra tudo brilhantemente no fim. Cada ponto de parada e cada “versão futura” encontrada tem um motivo de existir. Somos apresentados a diversos personagens que se tornam ainda mais interessantes quando – próximo do fim – vemos suas origens.

.

Conheça Paper Girls de Brian K. Vaughan

Erin é baleada durante as aventuras temporais da HQ Paper Girls de Brian K. Vaughan

.
Apesar de envolver uma guerra temporal e de trazer muitos personagens, Paper Girls se destaca por conseguir dar espaço e voz para cada uma das quatro amigas que entregam jornal. Aliás, as melhores passagens acontece quando Brian K. Vaughan mostra as meninas conhecendo suas versões futuras ou seus destinos mais trágicos. As discussões entre elas também divertem. A evolução de Mac, Tiffany, Erin e KJ é perceptível.

Podemos dizer que K. Vaughan cria uma gigantesca trama, recheada de elementos Sci-fi, que tem seu grande ponto forte na construção dos personagens. A própria “guerra temporal” só se torna um elemento realmente interessante quando o autor expõe os líderes de cada lado e exatamente como eles pensam (a cereja do bolo é o passado deles, mas sem spoilers!). Acredite: é impossível adivinhar os motivos da guerra – a criatividade do autor fala alto aqui!

.

Conheça Paper Girls de Brian K. Vaughan

Robôs gigantes invisíveis duelam em Paper Girls de Brian K. Vaughan

.
Muitas referências a cultura pop e a marcas famosas, robôs gigantes e toneladas de conceitos sci-fi, viagem no tempo e uma tremenda construção de personagens são os artifícios usados por Brian K. Vaughan para tornar a série memorável. Vale salientar que a escolha de Cliff Chiang para a arte foi perfeita! A sinergia é incrível e o ar “clássico” dos desenhos do autor dão uma sensação de nostalgia que é muito bem vinda na história.

.

Quer debater sobre quadrinhos, livros, filmes e muito mais? Venha conhecer nosso grupo no Whatsapp clicando aqui!!!

.
Se você adora uma boa história Sci-Fi, Paper Girls de Brian K. Vaughan é uma ótima pedida. A história das entregadoras de jornal que se veem no meio de uma “guerra temporal” é magnética e você não vai conseguir parar de ler até conhecer o destino final das quatro amigas. O tom da HQ é leve, temos espaço para muitos momentos cômicos causados pela adolescência, mas isso não quer dizer que a tal guerra é apresentada de maneira pouco ameaçadora. Mais uma ótima série trazida para o Brasil pela Devir!Quer conhecer outras HQ´s memoráveis? Confira nossa coluna Baú de HQ´s!

 

. 

Compre Paper Girls de Brian K. Vaughan clicando na capa abaixo!

 

Conheça Paper Girls de Brian K. Vaughan19

 


Créditos:
Texto: Lucas Souza
Imagens: Reprodução
Edição: Diego Brisse

Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB!


 

Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Notícias Relacionadas: