por Monique Michelon

Criado há 10 anos, CineMaterna é uma excelente opção para mães e pais amantes de cinema 1

 

Quando nasce uma criança, a dinâmica na vida da mulher muda completamente. O tempo para fazer a mais simples tarefa deve ser redimensionado para uma nova realidade. Tomar um café com as amigas, cuidar da aparência, fazer um passeio ou ir ao cinema, parecem ser atividades que não serão mais exercidas, pelo menos não nos próximos 3 ou 4 anos.

Pensando nisso, há 10 anos, um grupo de amigas criou a iniciativa CineMaterna, que traz a oportunidade de mães irem ao cinema acompanhadas de seus bebês.

Presente em mais de 20 cidades, o projeto, que até esse mês contou com o patrocínio da Natura, busca parceria com cinemas que disponibilizem salas e horários para receber as famílias.

Visando o conforto dos bebês, que vão de 0 a 18 meses, as sessões são diferentes: a iluminação da sala permanece ligada, o ar condicionado é fraco, o som é mais baixo e há um espaço para que bebês maiores possam brincar e engatinhar. O CineMaterna oferece ainda, em cada sala, trocadores com fraldas e lenços umedecidos. Tudo com a supervisão de voluntárias que estão sempre prontas a auxiliar em qualquer necessidade.

Como o objetivo é que os bebês acompanhem seus pais, os filmes nem sempre são infantis. Uma semana antes da exibição, há uma enquete no site do CineMaterna, com 3 opções, para que os pais possam votar no filme de sua preferência.

 

Criado há 10 anos, CineMaterna é uma excelente opção para mães e pais amantes de cinema 2

Banner do CineMaterna no Shopping Jardim das Américas em Curitiba, antes da sessão de Dumbo, no último 17 de abril.

 

Com esse cenário, pais, mães, avós, tias podem ir ao cinema sem a preocupação de atrapalhar os outros espectadores com o barulhinho dos bebês, levantar no meio da sessão para ninar ou trocar a fralda do seu filho.

Além de manter o calendário dos filmes em dia, o CineMaterna é uma excelente oportunidade de criar o vínculo do bebê com a sala de cinema, fazendo com que os pequenos familiarizem-se com o espaço e a atividade de entretenimento, facilitando na formação dos futuros espectadores.

Por experiência própria, poder ir ao cinema sem ter que fazer planos estratégicos para conciliar agenda de um cuidador, horário entre mamadas e sonecas do bebê é libertador.

Infelizmente, ainda são poucas salas e horários com a opção do CineMaterna, mas mesmo assim já vale o gostinho de uma tarde descompromissada no cinema entre uma troca e outra de fraldas.
 

Para saber mais sobre as cidades atendidas pelo projeto, acesse o site do CineMaterna.

 

Fique ligado no Ultimato do Bacon para mais matérias sobre Cinema!

 

 


Acessem nossas redes sociais e nosso link de compras da amazon

Instagram 

Facebook

Amazon


 

 

Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Notícias Relacionadas: