Sempre enxerguei os Super-Heróis como uma evolução natural das antigas lendas que narravam feitos de Hércules, Thor, Perseu e muitos outros. Por isso é extremamente gratificante quando me deparo com uma história como a de  Batman e Mulher-Maravilha de Liam Sharp

Batman e Mulher-Maravilha de Liam Sharp foi originalmente lançado em 2018 nas revistas “The Brave And The Bold: Batman And Wonder Woman” #1 – #6 a história pensada e ilustrada por Sharp se aproveita de um outro mundo mitológico para criar uma história que precisa da força e diplomacia da Princesa de Temiscira e das habilidades de detetive do Cavaleiro das Trevas.

A trama pensada por Liam Sharp nos leva a um novo reino mágico: Tir Na Nóg. A terra, habitada por lendas celtas, está prestes a eclodir em guerra. É então que Cernunnos Cernach, o Senhor da Fertilidade e da Caçada, decide pedir ajuda a uma certa princesa Amazona. Enquanto Cernunnos pede a ajuda de Diana – que se encontrava na Antártida – o Homem Morcego observa um estranho fenômeno no bairro irlandês de Gotham: as pessoas não estão se movendo (ou se movimentando muito pouco) em uma área de cinco quarteirões do bairro.

Batman e Mulher-Maravilha de Liam Sharp 1Mulher-Maravilha separa uma briga em Tir Na Nóg em Batman e Mulher-Maravilha de Liam Sharp

O Desenvolvimento de Batman e Mulher-Maravilha de Liam Sharp

Ao se envolver com o mistério do bairro irlandês de Gotham, o Homem-Morcego descobre que (não vou estragar a surpresa, fiquem tranquilos!) magia está envolvida de alguma forma no caso. E depois de quase ser pego pelo seu efeito, o Cavaleiro das Trevas retorna exausto para o lar. Em Tir Na Nóg a Mulher-Maravilha descobre que o Rei Elatha foi assassinado e que o confronto entre os dois povos dominantes do Reino Mágico está ainda mais próximo – ela ainda aprende que a desconhecida terra é também uma prisão que mantém seus habitantes confinados e sem possibilidade de irem ao mundo exterior.

O corpo do Rei Elatha foi encontrado com um menino ao seu lado – menino esse que estava prestes a ser executado pela agitada turba que visava encontrar um culpado pela morte do Rei. Em um reino mágico, onde até a magia do laço da verdade é questionada, a Mulher-Maravilha resolve recorrer ao melhor detetive que conhece para descobrir quem é o verdadeiro assassino e quais suas intenções. E é assim que o Homem-Morcego se junta a Diana em Tir Na Nóg e uma das investigações mais diferentes e interessantes da DC acontecem.

Batman e Mulher-Maravilha de Liam Sharp 2Batman e Mulher-Maravilha de Liam Sharp traz os heróis investigando um assassinato em Tir Na Nóg

A premissa de mundos mágicos desconhecidos que precisam de ajuda externa pode não soar muito diferente, certo? E não seria, se o autor Liam Sharp não tivesse optado por se utilizar de uma mitologia pouco explorada nas HQ´s de heróis tradicionais. Todo o Reino de Tir Na Nóg e seus habitantes fazem a história ser incrivelmente diferente e a forma como o autor consegue definir as habilidades e personalidades dos dois protagonistas também é um dos pontos altos da HQ.

Essa boa construção de personagens é preocupação que o autor mostra logo no começo, ao contextualizar o momento no qual os dois protagonistas estavam antes de se envolverem com a trama. Essas páginas iniciais nos ajudam a entender como Sharp entende os dois personagens e ditam preocupações e formas de agir que são seguidas em toda a história.

O mistério e o lado investigativo também estão muito presentes na HQ Batman e Mulher-Maravilha de Liam Sharp que planta um mistério envolvendo um mendigo (?) que parece estar em segundo plano mas se mostra importante para a história.

Mas o ponto alto é ver o Batman utilizando suas habilidades de raciocínio para encontrar lógica em um reino mágico. Liam Sharp consegue fazer com que as habilidades dedutivas e o raciocínio do Cavaleiro das Trevas seja impressionante (Sério! Preste atenção na cena dos Fomorianos ao lado do rio) sem soar forçada ou apelativa.

O ritmo da história, que apresenta bons debates e boas cenas de ação, é bem cadenciado e nos dá tempo para pensar enquanto assistimos ao desenrolar dos mistérios.

Batman e Mulher-Maravilha de Liam Sharp 3Tir Na Nóg vive momentos de conflito em Batman e Mulher-Maravilha de Liam Sharp

Os desenhos de Liam Sharp são outro espetáculo. Com um estilo mais detalhista com quadros repletos de acontecimentos, o autor dá uma cara ainda maior de épico mitológico a história. As aparências dos habitantes de Tir Na Nóg parecem ter sido amplamente pensadas e não é difícil se pegar admirando cada um dos quadros que compõem a saga.

Batman e Mulher-Maravilha de Liam Sharp é uma excelente saga que mostra de forma perfeita como o Cavaleiro das Trevas pode ser bem utilizado em qualquer ambiente sem parecer apelativo. A Mulher-Maravilha do autor também mostra força mas se destaca pelas habilidades diplomáticas e pelo respeito que impõe a seus adversários. A arte da HQ somada a história de um bem construído mistério envolvendo um desconhecido reino mágico foi muito bem executada. Espero que o gancho deixado para uma possível continuação seja usado pois eu adoraria retornar para novas histórias em Tir Na Nóg!

Quer conhecer mais HQ´s que marcaram época? Confira nossa Coluna Baú de HQ´s e também nossa matéria sobre as melhores mega sagas dos quadrinhos!

Batman e Mulher-Maravilha de Liam Sharp 4

Avaliação: Ótimo!

 

 


Créditos:

Texto: Lucas Souza
Imagens: Reprodução
Edição: Alexandre Baptista
Matéria publicada originalmente em 01 de abril de 2019. Atualizada em 31 de maio de 2020.

Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!