Por Fábio da Luz

 

 

E recentemente foi anunciado que a clássica revista MAD irá deixar de produzir material inédito para o mercado norte-americano. São 67 anos de existência dessa revista de quadrinhos clássica que focava nas sátiras e paródias de humor envolvendo cultura pop e política. 

A revista surgiu através da editora EC Comics, pela mãos de William Gaines e Harvey Kurtzman, sendo que seria o único quadrinho da editora a sobreviver após a perseguição e tentativa de censura da indústria por parte do senado americano. Os quadrinhos da MAD chegaram a ser publicados no Brasil por várias editoras como a Vecchi, Record, Mythos e Panini, chegando ao seu fim em 2017.

 

 

Os quadrinhos satíricos da EC Comics “brincaram” muito com a figura do Batman, especialmente com as suas adaptações para filmes. Nenhum filme do homem-morcego ficou imune às brincadeiras dos quadrinistas da MAD.

Antes das sátiras envolvendo os filmes do homem-morcego, a revista produziu sua primeira paródia do Batman na edição americana nº 8, em 1953, onde o escritor Harvey Kurtzman e o famoso desenhista Wally Wood deram vida aos personagens Bat Boy e Rubin.

 

 

No Brasil, esse quadrinho foi publicado na revista MAD in Brazil nº 135, em julho de 1997, pela editora Record, adaptando o nome o Rubin para Bobin. A divertida sátira brincava com os fetiches do homem-morcego parodiado de sempre usar várias bugigangas para enfrentar o crime, aliado ao fato de sua covardia ao querer bater de frente com os criminosos. 

Por mais que o quadrinho todo o tempo ressalte literalmente que tudo aquilo tratava-se de uma brincadeira com a figura do homem-morcego, ainda sim havia espaço para arranhar um crítica envolvendo o Batman e sua busca por fantasia de poder, destacando que no final o grande criminoso da trama era o próprio Bat Boy. 

Um ótimo quadrinho de duas grandes mentes artísticas que vale ser conhecido pelos fãs do Batman. 

E aí, curtiu? Diga nos comentários e fique ligado no Ultimato do Bacon!!!

 

Confira também:

   

 


Acessem nossas redes sociais e nosso link de compras da amazon

Instagram 

Facebook

Amazon