Ultimato do Bacon

As Primeiras Quinze Vidas de Harry August – O Ultimato

Em 12 de Dez de 2017 2 minutos de leitura
As Primeiras Quinze Vidas de Harry August
Ano: 2017 Editora: Bertrand Brasil
Páginas: 448 Autor: Claire Norh

 

Sinopse: “Harry está no leito de morte. Outra vez. Não importa o que faça ou que decisões tome: toda vez que ele morre, volta para onde começou; uma criança com a memória de todo o conhecimento de uma vida vivida diversas vezes. Nada nunca muda… até agora. Ele está perto da décima primeira morte quando uma garotinha de 7 anos se aproxima da cama: “Quase perdi você, doutor August. Eu preciso enviar uma mensagem de volta no tempo. O mundo está acabando, como sempre. Mas o fim está chegando cada vez mais rápido. Então, agora é com você.” Este livro conta a história do que Harry faz em seguida, do que fez antes, e do que faz para tentar salvar um passado inalterável e mudar um futuro inaceitável.

[tabby title=”Diego Brisse”]

Com uma premissa dessas, é quase impossível não se interessar por esse livro. A narrativa em primeira pessoa é um acerto e uma necessidade para esse enredo, criando uma relação forte entre o leitor e o personagem.

A maneira como a trama se desenvolve pode parecer até meio confusa no início, mas funciona como artifício para prender o leitor. As narrativas de cada vida são distribuídas como uma espécie de quebra cabeças e as peças se encaixam com a evolução do livro. Mesmo parecendo complexa, a autora é tão competente que consegue envolver o leitor sem ser chata com minimalismos que nesse caso não acrescentariam muito.

A trama acerta ao lidar com a problemática do “e se?”, trazendo diversos conflitos morais e filosóficos entre os que vivem a mesma condição “imortal” de Harry August.

Embates sobre como lidar com o conhecimento do futuro, mudar o curso da história, acelerar o desenvolvimento da humanidade e suas conseqüências é o ponto central. O único ponto incômodo é que nos últimos capítulos o desenvolvimento se acelera em relação ao resto, no virar da última página exclamei em voz alta: “Como assim?!” Apesar dessa sensação o livro se encerra de maneira digna e sem brecha para continuações.

Com uma narrativa ágil e cativante, esse livro merece destaque e vai agradar a todos os leitores que curtem algo um pouco mais intenso. Apesar do tema, a leitura é fácil, a autora sempre da um jeito de relembrar detalhes sem perder tempo e incomodar. Sem contar que ler um livro que não tenha continuação já é algo fabuloso.

OBS: Claire North é um dos pseudônimos de Catherine Webb, que teve seu primeiro livro publicado aos 14 anos. Essa é sua primeira ficção científica, e é notável a sua qualidade. Infelizmente quase nenhum de seus 19 livros estão disponíveis em português.

Adquira aqui!

  

Avaliação: Muito Bom!

[tabbyending]

 

Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Quero participar

Notícias relacionadas

Terceiro capítulo de Animais Fantásticos recebe previsão de data para 11 de novembro de 2021

30 de Abr de 2019

Nós usamos cookies para garantir que sua experiência em nosso site seja a melhor possível. Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa política de privacidade.

OKPolítica de privacidade