Ultimato do Bacon

As 12 cenas icônicas da Marvel/DC

Em 10 de Abr de 2020 7 minutos de leitura
12 cenas iconicas que marcaram os quadrinhos

Existem cenas, histórias e quadros que marcam os quadrinhos – e eles podem ser reconhecidos por qualquer fã, mesmo que ele ainda não tenha lido a história. Essas cenas transcenderam suas edições originais e passaram a estar conectadas com a mitologia das HQ´s de maneira indissociável. Elencamos 12 cenas que você certamente já ouvir falar mesmo que não tenha lido a HQ. Vamos lá?

Índice

Quais são as 12 cenas icônicas dos quadrinhos

1- Magneto se ajoelha para Ciclope

Magneto, um dos maiores opositores dos X-Men, ajoelha para Ciclope

Essa é a cena mais recente da nossa lista e se passa em um momento no qual Ciclope era o líder máximo dos X-Men. Os mutantes estão habitando Utopia e o vilão Magneto se aproxima. Esperávamos mais um combate entre os heróis e seu opositor mas Magneto se ajoelha e diz que Scott Summers conseguiu unir a raça mutante de uma forma que nem ele ou Xavier fizeram. De arrepiar!

A cena apareceu originalmente em “Uncanny X-Men” #516 de 2009 e foi publicado no Brasil em “X-Men” #110 (2011) da 1º série da Panini Comics.

2- Superman morto nos braços de Lois Lane

“A Morte do Superman” foi impactante e trouxe muito sofrimento para Lois Lane

Uma cena que ninguém esperava ver. O mais poderoso heróis da DC Comics morto em combate após enfrentar o imparável Apocalypse. A história, uma das mais famosas das HQ´s, traz o icônico momento onde Lois chora por seu amado com a capa do personagem destruída servindo como bandeira ao fundo. Hoje sabemos que o personagem retornaria não muito tempo depois mas na época a HQ foi emocionante!

A cena foi publicada originalmente em “Superman” #75 e no Brasil é possível ver toda a história da morte e retorno do personagem nos encadernados capa dura da Panini “A Morte do Superman” #1 – #2

3- Gwen Stacy morre ao ser arremessada da ponte

Um dos momentos mais tristes do Homem-Aranha ocorre com a morte de sua namorada Gwen Stacy

A amada namorada do Homem-Aranha Gwen Stacy é uma das maiores tragédias da vida do herói. Após um confronto com o Duende Verde a personagem é jogada da ponte e quando o Aranha usa a teia para salvá-la, seu pescoço quebra em uma cena brutal. Muitos fãs do Teioso viram essa cena apenas nos filmes mas vale ressaltar que a história original é incrível. Um “must have” para os fãs do herói.

A cena da Morte de Gwen Stacy foi originalmente publicada em “The Amazing Spider-Man” #121 (1973). No Brasil é possível encontrar a história em diversas edições como: “Homem-Aranha: Grandes Desafios” #4 (2007), “Homem-Aranha: Antologia” (2017) e “Os Maiores Clássicos do Homem-Aranha”  #3 (2004) – todos da Panini Comics.

4- Bane quebrando a coluna do Batman

Bane quebra a coluna do Batman durante a famosa saga “ A Queda do Morcego” da DC

Ver o Homem Morcego de Gotham ser derrotado é algo incomum, mas na década de 90 vimos uma derrota completa nas mãos do novo vilão Bane. O personagem arquiteta um plano para soltar os internos do Asilo Arkham e cansar o herói a exaustão para que então ele pudesse finalmente derrotá-lo. A icônica cena mostra o momento no qual o vilão parte a coluna do Batman, deixando-o inválido.

A cena foi originalmente publicada em “Batman” #497 (1993) e pode ser encontrada no encadernado “Batman: A Queda do Morcego” #1 de 2008 da Panini Comics (vale ressaltar que ele não teve continuação) e em “Batman” #1 (1995) da Editora Abril.

5- Capitão América grita “Avante Vingadores” após reunir nova formação da equipe na fase de Pérez e Busiek

Capitão América apresenta a nova formação dos Vingadores para o público na fase de Pérez e Busiek

“Avante, Vingadores” é uma das frases imortais das HQ´s. Na fase de Busiek e Pérez no título, eles deixam tudo ainda mais grandioso ao transformar a nova formação da equipe em um evento com a imprensa esperando para que o Capitão apresentasse a nova formação. Após subir ao palco com os heróis (e passar por um bem pensado processo de montagem do time) o Vingador solta o grito de guerra da equipe na frente de uma legião de repórteres e fãs! O desenho clássico de Pérez faz com que a cena fique ainda mais marcante.

A cena foi originalmente publicada em “The Avengers” #4 (1998) nos EUA e pode ser encontrada no Brasil em “Marvel 2000” #3 (2000) da Abril e “Marvel Edição Especial Limitada: Os Vingadores” #1 (2017) da Salvat.

6- Batman segura Robin morto em seus braços após espancamento do Coringa

O segundo Robin encontra seu fim nas mãos do Coringa em uma cena marcante do Homem-Morcego

Jason Todd passou longe de ser um Robin tão querido quanto Dick Grayson. O personagem era arrogante, cheio de si e com frequência desobedecia o seu mentor. Eis que ele encontra seu fim no ato mais cruel do Palhaço do Crime (até o momento): é espancado até a morte pelo vilão que usa um pé-de-cabra para quebrar o herói que ainda é vítima de uma explosão. Ver o Batman com seu protegido sem vida no colo é uma cena de emocionar qualquer fã.

A cena foi publicada originalmente em “Batman” #428 de 1988 e no Brasil chegou às bancas em diversas oportunidades sendo as mais recentes “Clássicos DC Comics: Batman – Morte em Família” (2019) da Panini e “DC Comics – Coleção de Graphic Novels” #11 (2016) da Eaglemoss.

7- Coringa aparece em traje de férias para atirar em Bárbara Gordon

Bárbara Gordon sofre nas mãos do Palhaço do Crime em uma das HQs mais icônicas de todos os tempos

Coringa tenta provar que um dia ruim é tudo que separa ele das outras pessoas. Alan Moore imagina uma história na qual o Palhaço do Crime aparece em trajes de férias para atirar em uma das principais heróinas de Gotham. A crueldade do palhaço e a forma “descompromissada” de fazer o mal são os itens mais marcantes da cena.

“Batman: The Killing Joke” foi publicado originalmente em 1988 e já ganhou diversas publicações no Brasil como em “Batman – A Piada Mortal” (1999) da Editora Abril e “Grandes Clássicos DC” #9 (2006) e “Batman : A Piada Mortal” (2016) da Panini

8- Capitão América é morto após a Guerra Civil

Após “Guerra Civil” o Capitão América cai morto vítima de um tiro na escadaria do capitólio

“Guerra Civil” é uma das sagas mais aclamadas da Marvel e traz um confronto entre Steve Rogers e Tony Stark por conta do Registro de Meta-Humanos. Após perder o embate, o Capitão deveria ser julgado no Capitólio americano, o que nunca acontece pois o herói é alvejado com um tiro na barriga e outro no joelho e encontra seu triste fim (nunca é o fim nas HQ’s mas…). A cena é impactante e ver seu ídolo morrer de forma tão “mundana” é algo que não sai da cabeça.

A cena foi originalmente publicada em “Captain America” #25 (2007) e no Brasil aparece em “Os Poderosos Vingadores” #48 (2008) e “Marvel Deluxe: Capitão América” #3 (2012) – ambos da Panini Comics e “A Coleção Oficial de Graphic Novels Marvel”  #51 (2014) da Salvat.

9- Elektra morre pelas mãos do Mercenário

Elektra morre pelas mãos do Mercenário na fase de Frank Miller do Demolidor

Elektra foi criada por Frank Miller e em pouco tempo já estava fazendo sucesso. A personagem, uma das grandes paixões do Demolidor, encontrou seu destino nas mãos do vilão Mercenário que a mata após uma luta empolgante. A tristeza que o Homem Sem Medo sente após a morte de sua amada deixam a cena ainda mais relevante e inesquecível.

A cena da morte de Elektra foi publicada pela primeira vez em “Daredevil” #181 (1982) nos EUA. No Brasil a história chegou em “Demolidor Por Frank Miller & Klaus Janson” #2 (2015) e “Os Maiores Clássicos do Demolidor” #3 (2004) da Panini Comics.

10- Batman soca Superman em Batman Cavaleiro das Trevas

Um Batman de armadura soca um Superman a serviço do governo na HQ de Frank Miller

“Batman: O Cavaleiro das Trevas” é uma das HQ’s mais faladas da história. Trazendo um velho Bruce Wayne que decide reviver seus dias como Batman, a narrativa traça uma linha cruel e visceral de um universo cada vez pior. O vigilante é colocado em rota de colisão com Superman – que deve fazer o personagem abandonar o vigilantismo. A luta ficou extremamente famosa e a cena acima ilustra um de seus momentos mais memoráveis

“Batman: The Dark Knight” #4 (1986) foi a história onde a cena foi publicada a primeira vez e os fãs brasileiros podem encontrar a cena em diversas HQ’s como “Batman – O Cavaleiro das Trevas – Edição Definitiva” (2015) da Panini Comics

11- Superman sobrevoa o Cristo Redentor 

Superman sobrevoa o Cristo Redentor em uma linda cena de Alex Ross

Ver o Superman tentar salvar o mundo de um inimigo tão real quanto a fome já é o plot de uma história memorável. A arte de Alex Ross torna tudo isso ainda mais bonito e a cena do personagem sobrevoando o Rio de Janeiro com alimentos é marcante e inesquecível. Infelizmente a empreitada do herói não termina bem mas o exemplo que ele fornece é tocante.

“Superman: Peace On Earth” foi publicado em 1999 e trouxe essa bela cena de Ross. No Brasil a cena pode ser encontrada em “Superman: Paz na Terra” de 1999 da editora Abril e “Os Maiores Super-Heróis do Mundo” de 2017 da Panini Comics

12- Superman segura o martelo do Thor e escudo do Capitão América

O Homem de Aço da DC segura o Martelo do Thor e o Escudo do Capitão América da Marvel

Ver os super-heróis de Marvel e DC interagirem é sempre bom. Porém a história de Busiek e Pérez leva os Crossovers para outro nível em uma história incrível que envolve os dois universos. Na última edição do encontro, Superman empunha o Martelo de Thor e o Escudo do Capitão para travar uma batalha com o grande vilão da HQ. Ver os mais clássicos símbolos da editora se unirem dessa forma (ainda mais com a arte de Pérez) é de fazer qualquer fã ficar de “queixo caído”

“LJA/Avengers” #4 (2003) é onde a cena do Superman com o Martelo e o Escudo da Marvel foi vista pela primeira vez. No Brasil a história foi publicada em formato minissérie (2004) e compilada em capa dura e capa cartão (2006).

Os quadrinhos possuem muitas cenas icônicas! Nossa lista separou as mais reconhecíveis e as que mais ficam no imaginário popular.

Fique ligado no Ultimato do Bacon para mais sobre HQ´s e não deixem de conferir nosso Baú de HQs!


Créditos:

Texto: Lucas Souza
Imagens: Reprodução
Edição: João Maia
Texto publicado originalmente em 27 de fevereiro de 2020. Atualizado em 09 de abril de 2020.

Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB!


Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Quero participar

Notícias relacionadas

Nós usamos cookies para garantir que sua experiência em nosso site seja a melhor possível. Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa política de privacidade.

OKPolítica de privacidade