A Louva Deus
Ano: 2017 Emissora: Netflix
Estreia: 29 de Dezembro Criador: Grégoire Demaison, Alice Chegaray-Breugnot, Laurent Vivier, Nicolas Jean
Duração: 50 min/ep Elenco: Carole Bouquet; Fred Testot; Pascal Demolon; Élodie Navarre

Sinopse: “Décadas após sua captura, uma serial killer oferece ajuda para solucionar uma sequência de assassinatos. Com uma condição: ela só trabalha junto com o filho."

Diego Brisse

A Netflix tem surpreendido com séries e filmes de nacionalidades diversas, abrindo um leque de opções para todos os gostos. A Louva Deus prometia ser uma ótima série de investigação policial, mas…

Infelizmente o maior erro da série é o elenco! Alguns atores são tão ruins, que chegam a dar vergonha alheia. O elenco tenta se valer de um trunfo chamado Carole Bouquet, ex Bond Girl e famosa entre os hipsters amantes de cinema europeu, que continua linda apesar dos 60 anos. A péssima atuação compromete diversos momentos da série, não consegui captar nenhuma emoção dos protagonistas. Somente a Carole se sai melhor, graças à experiência, mas seu personagem não tem tantos momentos para brilhar e fica bem abaixo da média.

A trama começa interessante, logo de cara já temos o mistério do imitador da Louva Deus estabelecido de forma bem interessante. O problema é o desenvolvimento. Tudo segue de forma apressada em alguns momentos e em outros quase para, fica tudo um marasmo. As tramas familiares paralelas se parecem com uma novela global, com diversas incoerências e exageros. A tentativa de surpreender com a identidade do imitador é irritante, a todo momento surgem potenciais suspeitos e ao final a revelação é tão bizarra, tanto da identidade quanto da motivação, que chega a ser engraçada. Isso sem contar a tentativa miserável de incluir uma reviravolta de última hora.

Com atuações e tramas dignas de uma novela global, A Louva Deus irrita mais do que agrada, uma séria que parece ter 50 episódios ao invés de 6. Tem bons momentos  que ficam soterrados pelas atuações ruins, tramas chatas e incoerências. Uma idéia desperdiçada, é possível que fique melhor como um remake nas mãos de quem entende do assunto. Ou talvez eu seja o público errado e não seja hipster o suficiente para entender a série…enfim!

 

A Louva-a-Deus - O Ultimato 1

Avaliação: Regular

 

Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Notícias Relacionadas: