Ultimato do Bacon

Melhores HQs de John Byrne

Em 21 de Out de 2022 9 minutos de leitura
Melhores HQs de John Byrne (4)

O inglês naturalizado canadense John Byrne é, sem sombra de dúvidas, um dos maiores nomes dos quadrinhos. O autor apresentou grandes trabalhos na Marvel e na DC e revolucionou títulos como Quarteto Fantástico, Superman e – é, claro! – os X-Men!

Nascido em 1950, Byrne começou a trabalhar com quadrinhos em meados dos anos 70 mas foi a partir do seu trabalho nos X-Men que atingiu grande notoriedade. Em 2015 o autor entrou para o Hall of Fame do Eisner Awards!

A nossa lista de Melhores HQs de John Byrne visa elencar os trabalhos mais icônicos do autor e que melhor representam sua versatilidade e estilo! Caso um trabalho que você gosta muito não esteja na lista, não se irrite! Lembre que ela foi feita com o gosto dos integrantes do Ultimato do Bacon!

Vamos lá?

Índice

As Melhores HQs de John Byrne

A Tropa Alfa de John Byrne

Melhores HQs de John Byrne (8)

John Byrne usa seu famoso run nos X-Men para criar uma superequipe canadense!

A gente sabe que os X-Men são o trabalho mais icônico e lembrado de Byrne, mas para nós é impossível abrir a lista de Melhores HQs do John Byrne sem falar de sua criação mais famosa! Os heróis canadenses surgem em 1979 confrontando os X-Men (justamente no título dos mutantes) e não demora muito para eles ganharem sua própria série em 1983 depois de algumas aparições.

O autor ficou a frente do título durante 29 edições e vimos os personagens ganhando uma rica mitologia que casou muito bem com o Universo Marvel como um todo.

Muitos dramas, mudanças na equipe, problemas com governo e ação povoam as páginas desta série que pode ser lida no Omnibus da Panini Comics ou em edições antigas (saiba onde no nosso guia de leitura da Tropa Alfa).

Quer saber mais sobre nossa paixão pela equipe criada por Byrne? Então confira nossa matéria sobre A Tropa Alfa de John Byrne!

Compre clicando na capa abaixo! 


X-Men: A Saga da Fênix Negra

Melhores HQs de John Byrne (7)

Muitas histórias dos X-Men de Byrne são incríveis, mas a Saga da Fênix Negra é simplesmente inesquecível!

Vamos ao prato principal? É inegável que a fase de Byrne nos X-Men contém sagas incríveis que merecem (de modo geral!) ser lidas pelos fãs dos mutantes e dos super-heróis como um todol. Mas dentro desse mar de boas histórias, algumas se destacam.

É o caso da Saga da Fênix Negra. Nas mãos de Byrne e Claremont, os poderes de Jean Grey atingiram níveis inimagináveis quando ela se tornou a Fênix. Conversas de bastidores contam que os poderes crescentes dela se tornaram um problema e ela precisava “sumir”.

A Saga da Fênix negra (Uncanny X-Men 129-138) lida justamente com a queda da heroína. Sob a influência de Jason Wyngarde, o Mestre Mental que buscava um lugar no círculo interno do Clube do Inferno, Jean se torna cada vez mais distante da realidade e dos X-Men, até que acaba abandonando de vez a equipe em favor do Clube do Inferno.

Durante uma batalha com seus amigos, Jean acaba rompendo as últimas barreiras contra a Fênix, se tornando a Fênix Negra, liberando um poder imensurável. Ao fugir para o espaço, ela acaba destruindo um planeta, atraindo a atenção dos Shi’ar, Kree e Skrull.

Com a ajuda de Xavier, Jean tem sua mente restaurada, mas ao ser confrontada com os crimes da Fênix Negra e com a perspectiva de que seus amigos X-Men estão prontos para morrer para salvá-la, Jean opta por se sacrificar, encerrando este capítulo da história da Fênix. Eventualmente, diversos pontos sofreram retcons, mas por um tempo, este foi o fim da heroína/vilã.

A história foi republicada aqui pela Panini e pela Salvat algumas vezes!

Veremos mais histórias dos mutantes nessa lista e se você é fã deles, confira nossa matéria sobre As Melhores HQs dos X-Men!

Compre clicando na capa abaixo! 


X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido

Melhores HQs de John Byrne (3)

Um futuro distópico é o tema da HQ de Claremont e Byrne que não podia ficar de fora da nossa lista de Melhores HQs dos X-Men

A Saga da Fênix Negra é um dos maiores trabalhos de Byrne e me arrisco a dizer que a igualmente famosa Dias de Um Futuro Esquecido não fica fica devendo não! 

Criada por Claremont, John Byrne e Terry Austin, Dias de Um Futuro Esquecido foi lançado em Uncanny X-Men #141-142 de 1981, mostrando um futuro sombrio em que os Sentinelas ultrapassaram sua programação, aprisionando os mutantes e eliminando até mesmo outros super-humanos.

A história serviu de base para o filme de mesmo nome, entretanto, é Kitty quem é enviada ao passado para impedir que a morte do senador Kelly desse início ao plano de extermínio dos mutantes.A história é constantemente republicada aqui pela Panini, principalmente pela associação ao filme, mas com certeza vale a leitura (principalmente porque é melhor que o filme).

Mais uma excelente HQ de Byrne que figura entre As Melhores HQs dos X-Men! Voltamos a dizer: toda a fase é incrível, mas essas duas realmente se destacam!

Compre clicando na capa abaixo! 


Superman O Homem de Aço

Melhores HQs de John Byrne (2)

John Byrne reformula o Homem de Aço na icônica minissérie “O Homem de Aço” de 1986.

O ano é 1986 e John Byrne é convidado para reformular o Superman e preparar o personagem para novos tempos! Depois da minissérie ele ainda assume um run no título e constrói a base do “Superman moderno” – para muitos ele escreveu inclusive as melhores histórias do herói. 

A história de Krypton, o emprego no Planeta Diário, a relação com Lois Lane, a “amizade” com o Batman e até os poderes e o uniforme.. Tudo é reformulado e atualizado por Byrne de forma a parecer mais interessante e atual. O próprio Lex Luthor passa a ser mais um homem de negócios inescrupuloso do que um cientista louco e sua crueldade e personalidade passam a ser ainda mais temíveis.

As histórias do autor circulam nas Melhores HQs do Superman e se você quiser saber mais detalhes dessa minissérie incrível, confira nossa matéria Superman O Homem de Aço – A Reinvenção de John Byrne!

Compre clicando na capa abaixo! 


Quarteto Fantástico

Melhores HQs de John Byrne (02)

O Quarteto Fantástico de John Byrne não poderia ficar de fora da lista de Melhores HQs de John Byrne!

Apesar da Saga da Fênix Negra e da revitalização do Superman serem muito especiais, para a equipe do UB, o Quarteto Fantástico de John Byrne é algo simplesmente impressionante! O autor consegue remodelar uma das equipes mais importantes da Casa das Ideias sem deixar a essência do grupo se perder e é quase um consenso dizer que essa é a melhor fase da equipe. 

Byrne, após seu sucesso nos X-Men, assumiu o grupo em 1981. A proposta do autor era atualizar os dilemas familiares e a dinâmica da equipe para os anos 80 – tornando as histórias mais identificáveis para esse público.

Unindo os conceitos antigos e criando novos, ele pretendia devolver o Fantástico para as histórias do Quarteto. Byrne iniciou sua jornada em The Fantastic Four Vol.1 #232 e terminou seu run em The Fantastic Four Vol.1 #293. O autor já havia desenhado duas edições da equipe antes de iniciar sua fase – The Fantastic Four Vol.1 #220 – #221.

Muitos momentos icônicos e revitalizações acontecem nessa fase! O Dr. Destino, por exemplo, se torna um vilão mais complexo e cheio de camadas – deixando de ser apenas um megalomaníaco em busca de poder.

A ciência de Reed Richards também ganha os holofotes novamente e temos aventuras na Zona Negativa e mirabolantes soluções que tem a cara do grupo! Os Inumanos, a Mulher Hulk, Frankie Raye, Tia Petúnia e tantos outros foram presença garantida nas páginas da equipe.

Quer saber mais? Confira nossa matéria completa sobre O Quarteto Fantástico de John Byrne

Compre clicando na capa abaixo! 


A Sensacional Mulher Hulk

Melhores HQs de John Byrne (6)

Uma faceta mais leve e divertida de John Byrne é mostrada no seu trabalho na HQ da Mulher Hulk! 

John Byrne cria (mais uma vez!) uma fase icônica que é considerada por muitos como sendo a melhor feita para a personagem de Stan Lee e John Buscema. As histórias de Byrne são leves e divertidas e constantemente usam recursos como quebrar a quarta parede.

A Mulher-Hulk, ao contrário do seu primo “brucutu”, mantém sua personalidade e a diversão da leitura é justamente vê-la lidando com as mais diversas situações. Vale lembrar que Byrne já havia mostrado que sabia lidar com a personagem bem quando a inseriu no seu run no Quarteto Fantástico.

Quando começou a escrever o título principal dela (em 1989) ele já tinha entregado uma ótima aventura solo da prima do Hulk na icônica Marvel Graphic Novel (1982) #18, que mostra a heroína tendo que lidar com as desconfianças da Shield!

Se você é fã de Byrne e quer ler a fase completa, o Omnibus da Panini Comics é uma boa solução. Se você só quer um “gostinho” do que o autor entregou, recomendo a edição nacional Graphic Marvel #4 lançada pela editora Abril em 1990.

Compre clicando na capa abaixo! 


As Muitas Mortes de Batman

Melhores HQs de John Byrne (9)

Um dos muitos Homens Morcegos mortos em “As Muitas Mortes de Batman” de John Byrne e Jim Aparo

Saindo da extensa lista de “medalhões” de John Byrne, temos a clássica As Muitas Mortes de Batman – que só não figura nas Melhores HQs do Homem-Morcego porque o herói realmente tem muitas tramas marcantes!

Na HQ, feita em parceria com Jim Aparo, temos uma trama relativamente simples, mas é a simplicidade bem executada que faz com que ela se torne tão interessante. Não é a ideia que vale e sim a brilhante execução de Bryne, que entrega uma história redondinha sem nenhum furo ou erro de continuidade. Sem contar que a arte de Aparo é um baita bônus né?

A história começa com Jim Gordon encontrando um corpo vestido de Batman – parecia que o Homem Morcego finalmente tinha encontrado seu fim. A comoção que se toma a partir da descoberta da “morte” do Morcegão é muito bem retratada com diversos personagens da Bat-Família aparecendo aos prantos.

O problema é que logo depois disso, a polícia de Gotham encontra mais um corpo vestido de Batman. Depois mais um e a coisa continua em um ritmo assustador – até que o próprio Batman precisa intervir para descobrir o que está acontecendo…

Uma trama cheia de mistério que prende a atenção do leitor! Quer saber mais? Confira nossa matéria As Muitas Mortes de Batman – O Ultimato.


Superman e Batman: Gerações – Uma Saga Imaginária

Melhores HQs de John Byrne (1)

John Byrne reimagina a parceria de Superman e Batman em uma saga que se estende por séculos!

A amizade de Superman e Batman é revisitada nessa saga criada por John Byrne em 1999. O autor conta a história da amizade dos heróis como se eles tivessem começado a se encontrar no ano de sua criação – em 1939!

Nessa obra vemos o tempo passar de maneira real e Byrne mostra como os Wayne e os Kent se relacionaram com o passar dos anos, décadas e séculos! Seria o legado dos heróis forte o suficiente para sobreviver às provações e tragédias impostas pelo tempo? A narrativa, que começou a ser publicada em 1999, possui duas continuações que até divertem mas não possuem o brilho da original!

Se você quer saber mais da HQ, que é uma verdadeira carta de amor de Byrne ao Universo DC, não deixe de conferir nosso review de Superman e Batman: Gerações – Uma Saga Imaginária

Compre clicando na capa abaixo! 


Homem-Aranha Gênese

Melhores HQs de John Byrne (01)

John Byrne reconta a história do Amigão da Vizinhança em uma minissérie com 12 edições!

Vamos de polêmica na lista de Melhores HQs de John Byrne! Muitos leitores não curtiram muito a origem que Byrne deu para o Cabeça de Teia na minissérie Spider-Man: Chapter One de 1998. Bom, a gente aqui na redação do Ultimato do Bacon adora essa HQ e ela não poderia deixar de aparecer na lista! 

A obra, que foi totalmente ignorada na cronologia da Marvel depois do seu lançamento, mostra a versão do autor para os acontecimentos clássicos da vida do herói. A morte do Tio Ben, seu começo na comunidade super-heróica, o confronto com o Duende Verde e muito mais. A ideia era modernizar a origem do herói!

Se a ideia de ver a origem do Aranha contada por Byrne te agrada, você pode conferir essa minissérie no Brasil na antiga HQ “A Teia do Aranha” #125-#129 da editora Abril. Elas foram lançadas por aqui em 1999.


Lendas

Melhores HQs de John Byrne (03)

A minissérie Lendas foi feita por John Ostrander, Len Wein e John Byrne

A minissérie Lendas foi lançada pela DC Comics em 1986, após a Crise nas Infinitas Terras, e podemos dizer que ela deu o pontapé inicial nesse “novo universo”. A minissérie, responsável por lançar o Esquadrão Suicida de John Ostrander,  mostra os heróis do Universo DC tendo que enfrentar Darkseid de uma maneira bem diferente.

A história possui grandes encontros e confrontos físicos, mas também tem uma trama de manipulação de opinião pública que faz com que a população se volte contra os heróis. Uma narrativa diferente que abriu as portas para uma nova era da Editora! 

A história está inclusive na nossa lista de Melhores HQs da DC Comics!

Você pode encontrar a minissérie Lendas completa no Brasil em capa dura na edição DC Comics – Coleção de Graphic Novels #92 (2019) da Eaglemoss ou em capa cartão em Lendas do Universo DC: Darkseid (2017) da Panini Comics.


Next Men

Melhores HQs de John Byrne (5)

Um projeto abandonado pela Marvel se torna uma ótima HQ autoral de John Byrne ganha lugar na nossa lista!

Segundo Byrne, a ideia dos Next Men partiu de um convite feito pelo próprio Stan Lee para que o autor criasse um possível futuro da Marvel Comics. Após o projeto ser abandonado, o autor lançou a história, sem amarras criativas, na Dark Horse em 1991. A série original durou 30 edições – de 1991 a 1995. O mundo criado por Byrne é mais cínico e adulto e temos heróis problemáticos que precisam lidar com ameaças diversas e com os próprios medos e inseguranças.

A história narra a jornada de 5 jovens que despertam em uma base ultra secreta dos EUA e descobrem que o mundo mudou. Sua aventura começa quando eles decidem fugir da tal base e de seus captores! A história, que lembra muito outros trabalhos de Byrne (em especial Quarteto e X-Men), empolga por mostrar algumas decisões de roteiro que sabemos que não poderiam ser tomadas nas grandes editoras.

Ao leitor brasileiro, recomendo que não vá atrás da obra em versão nacional.. A Mythos lançou apenas o encadernado Vol.1 em 2013 e temos muitas pontas soltas que só são resolvidas em um segundo volume.. Se você aguentar a frustração, ok. Senão, pode fugir. 

Quer outro trabalho autoral de Byrne bacana e completo? Confira nosso review de Operação High Ways!

Compre clicando na capa abaixo! 


Byrne é um dos artistas mais completos e valorizados da indústria e seu trabalho revolucionou todo o gênero de super-heróis! É impressionante como o autor tem a capacidade de entregar longas tramas e runs sem deixar a qualidade cair!

Gostou da nossa lista? Se sentir falta de alguma edição ou pensar diferente, conte para a gente nas redes sociais e lembre-se que a lista é feita baseada no nosso gosto!


Créditos:
Texto: Lucas Souza
Imagens: Reprodução
Edição: Diego Brisse

Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB! 


Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Quero participar

Notícias relacionadas

Shazam de Tim Sheridan e Clayton Henry (1)

Shazam de Tim Sheridan e Clayton Henry – O Ultimato

2 de Dez de 2022

Nós usamos cookies para garantir que sua experiência em nosso site seja a melhor possível. Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa política de privacidade.

OKPolítica de privacidade