Ultimato do Bacon

A Chegada (Netflix) – Dicas de Streaming

Em 17 de Abr de 2020 3 minutos de leitura
contato alienigena no filme A Chegada

Conforme eu digo 100% das vezes que falo sobre o gênero, filmes de ficção científica de qualidade são muito difíceis de acontecer por serem caros e geralmente ter que se explicar demais para o público, o que torna muitas vezes o filme enfadonho. Quantas vezes não tiveram que explicar como funciona um buraco de minhoca no cinema? A Chegada faz diferente.

Conheça a trama de A Chegada

A Chegada é um dos filmes mais primorosos do gênero, sendo relativamente complexo, o filme consegue se explicar até o limite, sem ser chato ou ofender. Na trama acompanhamos a Dra. Louise Banks (Amy Adams), linguista que após 12 objetos voadores não identificados surgirem espalhados pelo planeta, é convocada pelos militares para decifrar a linguagem dos “alienígenas” e estabelecer contato para entender o motivo de eles estarem aqui. O fato do filme ter como protagonista uma linguista, traz um diferencial. Geralmente vemos somente a parte científica mais “comum”, mas aqui vemos a comunicação com ponto central.

O filme é baseado no conto A História de Sua Vida, presente no livro homônimo do escritor Ted Chiang. As diferenças entre o conto e o filme são gritantes, o roteirista Eric Heisserer fez um trabalho primoroso ao adaptar um conto simples, transformando em um filme grandioso.  

A direção impecável de Denis Villeneuve é o maior destaque, com cenas belíssimas e uma fotografia invejável, tornando o filme um tanto contemplativo, explorando muito o lado emocional. Amy Adams faz aqui um de seus melhores trabalhos que aliado à direção de Villeneuve e ao roteiro de Heisserer tornam o filme uma obra prima.

Algo que chama muito atenção é o visual, a estética dos “aliens” e suas “naves”. O momento em que vemos o primeiro contato da Dra. Banks e do físico Ian Donelly (Jeremy Renner) é impressionante graças a atuação de ambos, que conseguem demonstrar e passar para o público a sensação impotência diante de algo tão inimaginável, medo do desconhecido e especialmente o fascínio por algo tão estranhamente belo.

Um dos acertos é a forma como foi retratado o impacto social do evento, em questões religiosas, sociais e militares. O ser humano em sua arrogância quando vê algo que não entende ou que se pareça superior a ele, deixa se levar pelo medo e sua primeira ideia é destruir aquilo que não entende ou não quer entender. Essas questões são a espinha dorsal que guia a trama em paralelo com a experiência da Dra. Banks, que assim como diversos cientistas ao redor do mundo tentam fazer os militarem entenderem que a solução não é sair explodindo tudo sem justificativas plausíveis.

A Chegada pode parecer complexo para alguns, porém é um filme que pode ser simples se aceitarmos o fato de que existem coisas muito além de nossa compreensão. O ser humano em sua maioria é arrogante e nem sequer cogita a possibilidade de que certas coisas ainda estão muito além do nosso entendimento. E talvez essa seja uma lição do filme, estarmos sempre dispostos a tentar compreender e evoluir, não explodir as coisas que não entendemos. A resposta para a pergunta “O que eles querem aqui? ” Pode ser um pouco vaga, mas é precisa e simples.  A trilha sonora, a direção, atuações belíssimas e uma história magnífica, tornam A Chegada um dos melhores filmes de ficção científicas já feitos.

A Chegada está disponível na Netflix!

Veja nossa resenha sobre o livro que deu origem ao filme!

O que achou das dicas de hoje?

Fique ligado no Ultimato do Bacon todas as sextas-feiras para mais Dicas de Streaming!


Créditos:

Texto: Diego Brisse
Imagens: Reprodução
Edição: João Maia

Compre pelo nosso link da Amazon e ajude o UB!


 

 

 

Quer debater Quadrinhos, Livros e muito mais?

Conheça nosso grupo no WhatsApp!

Quero participar

Notícias relacionadas

DC divulga segundo trailer de Pennyworth, série derivada do universo de Batman

24 de Abr de 2019

Nós usamos cookies para garantir que sua experiência em nosso site seja a melhor possível. Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa política de privacidade.

OKPolítica de privacidade